BEM VINDAS

QUEM GOSTA DE MAMAS

Mostrar mensagens com a etiqueta pinte-lhos. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta pinte-lhos. Mostrar todas as mensagens

sábado, dezembro 24

Poema Incompleto!


Instantes são das Colinas







aos  (Vales)  Umbigo



















e à (Ginja) Poço!





quinta-feira, agosto 4

Outra vez!

Imaginas o que me vai na alma?
Uma vez penso que sim,
outras vezes penso que não,
outras tantas vezes nem fazes ideia!
Ainda penso em ti,
meus pensamentos fogem
quando quero manter-me distraído.
Quando se olhamos um no outro,
meus olhos viram de direcção,
cuidadosamente porque não sei
o que poderá acontecer de novo!
Da ultima vez que fiz (zemos) isso,
apaixonei-me por ti. ..
Não, tu não fazes ideia disso!
Quer que fiques ou que vás,
quer que regresses ou esqueces,
nunca deixarei de me sentir ou sentir-te.
Quer que sejas feliz longe,
quer que outro te faça feliz,
ninguém apagará nossa história.
Quer que me deixes em paz,
nunca me esquecerás de vez.
Esquece-me outra vez,
apenas outra vez,
ou então esquece-me de vez.
Éramos nós outra vez,
mas repara no que nos aconteceu!
Desditoso tempo que nos fez esquecer,
malditos olhos que caçaram os teus,
tu esqueces-me outra vez,
um pouco de cada vez,
eu esqueço-te de vez,
por fim esqueço-te outra vez. ..

by mghorta

terça-feira, julho 5

Identidade!


Perdi minha identidade, 
de cavalheiro e de homem,
vesti-me de mil fantasias,
perdido nos desejos como de beijos,
inocente por vezes,
malicioso a tempo inteiro,
apaixonado tantas vezes,
carente de muitas caricias,
desejado bem como odiado,
sou o que sou e por vezes 
o que querem que eu seja,
homem ou garoto,
querendo mandar e não dominado,
transformado em outro ser,
não sei a minha própria identidade,
perdi a felicidade
em querendo saber quem sou!

by mghorta

segunda-feira, junho 27

Pecado!


Falaste-me em pecado,
faz assim,
avança em mim!

Não penses,
dispensa o pudor,
avança como for
mesmo que cause dor,
vem por inteira
ficando ao meu dispor. ..

Quero,
quero-te,
espero-te,
seja por amor,
seja por paixão,
lambuza meu tesão,
me usa com todo o ardor,
esquece o pecado,
somos frutos do mesmo.

by mghorta

quarta-feira, junho 22

Primeiro Amor!


Louco de amor procurei 
remédios no dia a dia,
a dor do amor a gente cura,
mas amar como a gente amou,
jamais será amado nunca
como no primeiro Amor!

by mghorta


Sem Palavras!


A enormidade deste Amor,
não se escrevem com palavras,
só uma vontade louca 
de te amar agora 
até ao acordar do dia,
perdido nos teus beijos,
sensível aos teus toques,
enfim. ..
Sem palavras ser eternamente Teu!!!

by mghorta

sábado, junho 11

Descrever!



Na universalidade do tempo te descrevo,
apesar de estares nua não te querer,
por inteiro ou formato como te descrevo,
o vento no seu bater me ajuda te descrever!

Na universalidade quase te ouço,
mutante, ambulante sempre perto
tens ganas de me matar constantemente,
persistente-mente e segues com a mente!

Parte ou inteira respirar-te
sugar-te com minerais e sais,
euforia das nossas vontades digitais.

Se é amor fico contigo,
sendo assim me descreve e fica comigo.

by mghorta

quarta-feira, maio 25

Encontro!


Excita-me pensar em nós,
meu corpo incendeia-se,
cada vez que me lembro,
suo com os pensamentos
de aqueles nossos momentos.

É como brasas que queimam
por dentro fico em brasa,
por fora todo o meu pelo ouriça.

Tesão ou gozo,
é uma crueldade estar só,
solitário acalmo a mente,
toco-me para apagar o fogo
não me furtando ao gozo.

Sozinho chego ao orgasmo,
é como se tivesses-mos encontro
marcado todas as noites e sempre
contigo aqui ao meu lado!

by mghorta

quinta-feira, maio 19

Ébrio!


Louco ou doido
talvez ébrio de saudades
soletro palavras sem anexo
no convexo corporal
intervalando as vogais
numa dança sombria
desnudo-me 
de preconceitos
com intenção
dos teus desejos
versando com defeitos
sedento do teu corpo
envolvendo-te com beijos
no sentir profundo
de nossos momentos
de magia transcrevo
um poema para ti. ..

by mghorta 

terça-feira, maio 17

Traduzir-me!


Parte de mim é mundo,
outra parte ninguém,
fundo sem fundo.

Parte de mim é multidão,
outra parte estranheza e solidão.

Parte de mim é peso,
outra parte pondera ou delira.

Parte de mim almoça ou janta,
outra parte se despoja e espanta.

Parte de mim é permanente,
outra parte se some de repente.

Parte de mim é vertiginoso,
outra parte perigoso.

Traduzir-me uma parte da outra,
resume-se numa questão de vida ou morte.

by mghorta

Atordoado!



Vem dormir comigo abraçada,
ajuda-me apagar a dor do meu peito
do querer te ter mais uma vez amor.
A madrugada se instala em mim,
lá fora apenas o silêncio do teu olhar.
Vem, ocupa-me com teu corpo
este abrigo que clama por teu calor.
Volta a ser minha morada,
 teu abrigo teu porto seguro.
Atordoado pela saudade crescente,
tua ausência me ouriça todo o meu corpo.

by mghorta

sábado, maio 14

Amar Teus Seios.


Amor, no teu rosto procuro espelho,
enquanto beijo os nós de teus dedos,
enquanto tocas com teus pés meu peito.

No corpo sabes, somos semelhantes,
levo o pé às tuas coxas amada,
estou preso seduzido pelos teus cheiros.

Teu corpo sabe quando estamos quentes,
minha língua percorre tua pele húmida,
sorrindo na macieza dos teus pentelhos.

Somos uno e tão parecidos,
toco-me a mim mesmo quando roço teu corpo,
se paro, enfim minhas mãos moldam teus seios.

Teu corpo sabe bem que sou teu gémeo,
fico louco, lúcido ou boémio
nos movimentos que unem teus seios às minhas mãos.

Amor, no teu rosto tens um espelho
de quanto bem me faz amar teus seios.

by mghorta 

quinta-feira, maio 12

Pecador!



Sou um pecador,
tem persianas que não sobem,
mesmo abertas ou fechadas,
fica tudo a nu lá dentro,
minha vizinha anda distraída
em demasia que ao sair do duche
vejo-a como veio ao mundo,
é claro que não devia olhar,
simplesmente ignorar,
mas sou um pecador
e como errar é humano,
não me posso culpar
deixando assim de ser pecado!

by mghorta

domingo, maio 8

Transgressor,


Desconheço limites,
infringindo normas
transgredindo regras
ultrapasso marcos
meu interior insano
instiga-me e me impele
a cometer delitos
sou transgressor
devasso violador
do que é pré-estabelecido. 

O Cio da Leoa


VOLTE DE NOVO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...