BEM VINDAS

QUEM GOSTA DE MAMAS

Mostrar mensagens com a etiqueta brazucas. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta brazucas. Mostrar todas as mensagens

sábado, fevereiro 25

Preferências!


É impossível fazer coisas certas
se as erradas é que me fazem feliz,
prefiro ser feliz por engano
que triste por preferência. 

by mghorta 


sexta-feira, fevereiro 17

Imprevisível!


Imprevisível  foi o toque,
a procura 
e a consumação da loucura
transformando nós dois
em um. ..
Nada foi comum,
tudo foi vital
viral e anormal. ..
Dentro desta nossa normalidade
contida em actos,
imprevisível  foi o tacto
de nossos braços enrolados,
tudo. ..
o corpo todo
sentindo a gula
nas entranhas
nas loucas manhas
de uma madrugada_festim. ..
Imprevisível
tactear-me em falso
para sentir-te plena
e inteira em mim.

by mghorta 


sábado, dezembro 24

Poema Incompleto!


Instantes são das Colinas







aos  (Vales)  Umbigo



















e à (Ginja) Poço!





quinta-feira, junho 4

Cravo e Canela.


Clica para veres o melhor de Sónia Braga.

segunda-feira, janeiro 5

Esqueceu...



Foi na loja dos Telemóveis 
esqueceu de tirar o cartão,
claro,
bombou na Internet. 



sábado, novembro 22

Banho de espuma.



Completamente nua, entraste na banheira e deitas-te por cima de mim, nossos corpos se uniram e se enrolaram num frenético jogo de sedução, emergidos em água tépida banhados em espuma.
Nos beijamos, nos acariciamos, tão próximos que parecíamos amarrados um no outro.
Nossas mãos passeiam os corpos ávidos de tesão, coxas, seios e lugares profanos, como que se colocasse a nu nossos segredos, e deles imediatamente surgisse nossas vontades loucas.
Nossas sedes, um pelo outro, era enorme que nos entregamos com volúpia, demoradamente nos satisfizermos as nossas carências.
Num ápice, fomos tomados por um orgasmo maravilhoso e depois ficamos mergulhados em carinhos por  momentos, para que de seguida prosseguíssemos no nosso jogo amoroso.

by mghorta

segunda-feira, novembro 17

Talvez !


No coração talvez, ou diga antes;
uma ferida rasgada de navalha,
por onde vai a vida, talvez mal gasta,
na total consciência nos retalha,
o desejar, o querer, o não bastar,
enganado procurando razão
mesmo que O momento justifique,
eis o que dói, talvez no coração.

by mghorta   (citando Saramago em Poemas Possíveis)


sábado, novembro 15

Sem pudor...



Nua e crua Carla Aguilar.














       Lambuza-te


VOLTE DE NOVO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...